Cristologia Pascal em Aracaju

Um evento muito especial aconteceu em Aracaju nos dias 23 a 25 de março em comemoração aos 15 anos da clínica Vernalis.

A partir de um convite para abordar os mistérios da Cristologia Pascoal feito pela Dra. Anne Jaqueline Braga (Aracaju-SE), o Dr. Nilo Gardin (São Paulo – SP), Dr. Sergio Grines (Buenos Aires, Argentina), e a euritmista Cristina Barbosa (Porto Alegre – RS) propuseram uma abordagem dos eventos da Semana Santa a partir de diferentes perspectivas que se uniram em uma imagem comum.

Três médicos antroposóficos e uma euristimista, juntamente com um grupo de participantes ávidos e ao mesmo tempo ativos e entusiastas, reuniram-se para criar um verdadeiro encontro terapêutico para todos.

Um panorama detalhado do significado de cada dia da Semana Santa, à luz dos Evangelhos ampliados pela visão antroposófica,  foi tecido – desde o domingo de Ramos até o sol espiritual do domingo de Páscoa, em um processo progressivo de metamorfose interna impulsionada pela qualidade de cada um dos elementos inerentes à simbologia dos dias (lua, marte, mercúrio, júpiter, vênus, saturno e o sol) .

A possibilidade de observar este processo em analogia com o sistema endócrino e a fisiologia humana, suscitaram muitas questões. Passagens dos Evangelhos, parábolas, anedotas da época, um tour detalhado pela geografia da palestina e a compreensão da realidade histórico-cultural da época constituíram a estrutura científica para o conhecimento espiritual construído durante o encontro.

Um dos pontos altos foi a apresentação da investigação com base no idioma hebraico (língua arquetípica), sua gramática, sua precisão numérica, o poder de seus fonemas, representado pelo seu significado, tanto quanto as suas formas eurrítmicas. Essa contribuição permitiu uma compreensão do mistério do Gólgota sob uma nova perspectiva, mais ampliada, revelando conhecimentos arquetípicos sobre esse evento central da história da humanidade.

A harmonia de movimentos de eurritmia, juntamente com a música expressa na lira, no acordeão, agregados ao conhecimento compartilhado, geraram um espaço para vivência do sagrado tão necessário nesta época.

abmanacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *